Avaliação da Capacidade Funcional do Paciente Oncogeriátrico Hospitalizado

Clique na imagem para visualizar a publicação.

Clique na imagem para visualizar a publicação.

Artigo produzido pelos alunos Esdras Edgar Batista Pereira, Nadia Barreto dos Santos e Edilene do Socorro Nascimento Falcão Sarges da Universidade Federal do Pará.

“No Brasil, estima-se que 60% dos pacientes oncológicos tenham mais de 65 anos de idade, o que obriga uma ação integrada entre a oncologia e a geriatria. Essa nova abordagem evidencia a capacidade funcional como um preditor de saúde. O presente estudo tem como objetivo avaliar a capacidade funcional e o desempenho dos sistemas funcionais de idosos com diagnóstico de câncer. Trata-se de um estudo descritivo e analítico transversal, com idosos, que apresentam diagnósticos de câncer, internados na Clínica Médica do Hospital Universitário João de Barros Barreto, em Belém, Estado do Pará, Brasil. Os instrumentos utilizados foram: a escala Performance Status do Eastern Cooperative Oncology Group (PS-ECOG), a escala de Katz (ABVD), a escala de Lawton (AIVD), miniexame do estado mental (MEEM), escala de depressão geriátrica 15 (GDS-15), teste Timed Up and Go (TUG), teste Tinetti e a avaliação funcional das habilidades de comunicação da Associação Americana de Fonoaudiologia (ASHA FACS).”

Trecho retirado do resumo da obra.

Anúncios

Sobre ufpadoispontozero

Repositório digital da produção intelectual (acadêmica e artística) da Universidade Federal do Pará.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s