Coleção Vicente Salles – Memorial da Cabanagem

Com edição promovida pela Edições Cejup em 1992, integrando a Coleção Amazoniana, a obra “Memorial da Cabanagem:  Esboço do Pensamento Político-Revolucionário no Grão-Pará”, faz uma importante análise, entre outras coisas, sobre o que foi a Cabanagem, qual a(s) ideologia(s) desse movimento – destacando as ideias republicanas – e quais foram as consequências, tentando mostrar sobretudo a verdadeira natureza que foi essa revolução: uma luta de classes, em que por meio dela, fosse possível se intervir no destino político da província, mudando os status da sociedade da época.

IMG_0001

Clique na imagem
para visualizar a publicação

No prefacio da obra, o autor, Vicente Salles, explica qual o objetivo de sua obra: “Tento esboçar nesse trabalho a história do pensamento político-revolucionário no Grão-Pará. Em tese, esse é o pensamento das classes oprimidas, que se exprime principalmente no esforço para sacudir o jugo infamante. Reflete entre nós, a luta pela cidadania em que tanto se empenharam índios e negros, solidários nas mesmas vicissitudes, pela condição de servos e escravos, na sociedade modelada pelo colonizador europeu a que eles se opunha”.

Ainda segundo o autor, a obra ganhou esse titulo em menção a escultura Oscar Niemeyer: “nenhum título me pareceu mais adequado. Este coincide com a concepção do arquiteto Oscar Niemeyer, autor do monumento inaugurado em Belém a 7.1.1985, o Memorial da Cabanagem. O monumento simboliza o caminho da história. Houve a quebra e queda de um fragmento – o instante em que a Cabanagem foi esmagada e se desprendeu da História. Mas a parte que tombou, o Ideal Cabano, necessita ser recolocado no caminho da História, donde é inseparável”.

O arquivo disponível para download tem cerca de 20 MB.

Para fazer o download direto da obra, Clique aqui

– > O arquivo é parte integrante do acervo do UFPA 2.0 < –

head vicente

Anúncios

Sobre ufpadoispontozero

Repositório digital da produção intelectual (acadêmica e artística) da Universidade Federal do Pará.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s