Vicente Salles e “O Negro no Pará”

head vicente

Vicente Juarimbu Salles nasceu em 27 de novembro de 1931, na vila de Caripi, pertencente ao município de Igarapé-açu, nordeste paraense. Teve uma vida intelectual bastante movimentada: foi pesquisador, historiador, folclorista e musicólogo. Seu interesse por musica, folclore e literatura começaram desde a infância. Seus primeiros trabalhos foram publicados no jornal “A Província do Pará”. Ao todo, sua bibliografia conta com 25 livros e 50 microedições. Ele contribuiu enormemente com o Museu da UFPA (Mufpa) – onde atuou como diretor por dois anos – doando uma parte da sua coleção pessoal e material, que foram utilizadas em suas pesquisas sobre negro, cultura, artes e folclore da Amazônia. O acervo conta com mais de quatro mil documentos e 70 mil recortes de jornais, além de uma coleção de cartuns, fotografias da época, cordéis, peças de teatro, teses, folhetos, e cartazes. Em 2011, recebeu da instituição federal o título de Doutor Honoris Causa, o mais alto dos graus universitários. Vicente Salles morreu no dia 07 de março de 2013, de parada cardiorrespiratória, no Rio de Janeiro.

A obra da qual estamos tratando foi publicada em 1971, sendo um dos títulos da Coleção Amazônica: Série José Veríssimo e com edição realizada por meio da parceria entre a Universidade Federal do Pará (UFPA) e a Fundação Getúlio Vargas. “O Negro No Pará, Sob O Regime Da Escravidão” nada mais é do que umas das principais obras do legado desse importantíssimo intelectual paraense.

IMG_0001

Clique na imagem
para visualizar a publicação

Nas palavras do reitor da UFPA na época, Aloysio da Costa Chaves, “O Negro No Pará, de Vicente Salles pode ser considerado um estudo sério e escrupuloso, uma inteligente análise da colaboração do elemento negro na conquista da Amazônia”.

Na apresentação dessa edição, o autor deixa bem claro com é a intenção do livro, afirmando que o livro “trata do negro na sociedade escravocrata do Brasil-norte […] em especial ao estado do Pará […] mas não trata apenas da história da escravidão do negro no extremo norte do país. Procura analisar a sua presença – como força de trabalho, como fator étnico, como elemento plasmador da cultura amazônica; o negro agindo e interagindo nesse contexto – suas lutas e vicissitudes”. Vicente Salles, entre outras coisas, fala também como se deu a sua metodologia para a elaboração dessa obra: “a ausência de estudos especiais sobre o negro na região Amazonica, salvo uma ou outra monografia perdida em publicações de circulação limitada, indicou-me antes de tudo a pesquisa de caráter histórico, a fim de reunir a abundante documentação que há dispersa. Este livro resultou portanto do manuseio dessa documentação[…]”.

O arquivo disponível para download tem cerca de 42 MB

Para fazer o download direto da publicação, Clique aqui

– > O arquivo é parte integrante do acervo do UFPA 2.0 < –

Anúncios

Sobre ufpadoispontozero

Repositório digital da produção intelectual (acadêmica e artística) da Universidade Federal do Pará.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Vicente Salles e “O Negro no Pará”

  1. Pingback: Coleção Vicente Salles – Épocas do Teatro no Grão-Pará | UFPA 2.0

  2. Pingback: O negro no Pará; por Vicente Salles | F A U ─ U F P A

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s