O carnaval de Belém nos anos 50; por Antonio Paul de Albuquerque


Coleção Paul Albuquerque

Formado por mais de seis rolos de filmes em Super 8 e 16 mm, o acervo audiovisual – que antes pertencia ao professor Paul Albuquerque e que hoje é de propriedade do professor Flávio Nassar – possui imagens de extrema relevância histórica para a cidade. Mais do que imagens, a coleção Paul Albuquerque retrata uma cidade e seu povo, com sua cultura, seus hábitos e costumes; uma verdadeira testemunha ocular da história de Belém.

Os registros cinematográficos deste post são um grande exemplo disso.

O vídeo foi filmado pelo professor Paul Albuquerque e retrata como eram os carnavais em Belém, na década de 50, mostrando, sobretudo, o cenário de alegria e festa que o carnaval trazia para os moradores da cidade. As imagens foram feitas durante o festejo que ocorria na Praça da República. A praça era o local onde havia o encontro dos foliões, dos Blocos de Sujos, das pessoas que iam aos clubes que ficavam no perímetro da praça, ou mesmo dos curiosos e expectadores, atraídos pela exuberância dos festejos.

– > O arquivo é parte integrante do acervo do UFPA 2.0 < –

Anúncios

Sobre ufpadoispontozero

Repositório digital da produção intelectual (acadêmica e artística) da Universidade Federal do Pará.
Esse post foi publicado em Acervo UFPA 2.0. Bookmark o link permanente.

7 respostas para O carnaval de Belém nos anos 50; por Antonio Paul de Albuquerque

  1. ramiro quaresma disse:

    Reblogged this on Cinemateca Paraense.

  2. renato athias disse:

    Flávio, super legal saber desse acervo… parabéns!

  3. Pingback: Do UFPA 2.0 | FAU-UFPA

  4. Fantástico. Melhores imagens, mais impactantes, que já vi de Belém. Quem venham mais do Acervo Paul Albuquerque.

  5. Incrivel ver que essas imagens são da década de 50!! Uma relíquia sem tamanho…

    Divulgamos em nossa fanpage sobre esse achado. Abraço à todos!

  6. Tempos que nao voltam mais, infelismente o progresso tem seus efeitos colaterais e um deles e questao das comemoracoes nas ruas do centro de belem, onde familias participavam ativamente dos festejos. Hoje nao temos a oportunidade de estarmos com nossos familiares em eventos como esses, Violencia, falta de respeito, barulheira em excesso etc…, fazem com que vivamos uma epoca sem registro para a nossa historia.

  7. Marie de Albuquerque disse:

    I am Marie de Albuquerque, wife of Leonidas John de Albuquerque, USA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s